Buscar
  • Monteggia

ESTERILIZAÇÃO DO MATERIAL ODONTOLÓGICO

Você sabia que realizar a esterilização do material odontológico em consultórios é essencial para assegurar a saúde bucal do paciente e do dentista? O procedimento de esterilização , basicamente consiste em uma limpeza super eficaz dos materiais com primeiramente água e detergente enzimático e depois ficar de molho em  produtos específicos, depois ser  embalado e levado a uma autoclave elimina a presença de qualquer vida microbiológica do material e permite que ele possa ser utilizado por outro indivíduo. Com base nisso, resolvemos desenvolver mais sobre o assunto e apresentar o que exatamente significa realizar a esterilização de materiais e como funciona esse processo com itens de consultórios odontológicos. Também falamos sobre a importância do procedimento e como saber se os materiais usados por seu dentista foram esterilizados. Se você quer saber mais, continue a leitura!

O QUE SIGNIFICA ESTERILIZAR UM MATERIAL?

A esterilização é uma prática elementar em consultórios odontológicos, clínicas médicas, laboratórios e hospitais. Ao esterilizar um material, são retirados microrganismos vivos deixados por pacientes que podem causar contaminações cruzadas, infecções e outros danos à saúde de um indivíduo.

Esterilizar significa, então, livrar o material usado anteriormente em outro indivíduo que pode ter contraído algum  germes, de modo que fiquem inativos, incapazes de se reproduzir e de se espalhar. Vale mencionar que, antes de realizar o procedimento, é importante fazer a higiene manual em um local próprio para a limpeza dos itens.

Utilizar luvas de utilidade, detergente enzimático e escova de cabo longo e cerdas macias, por exemplo, é um procedimento elementar a ser realizado por profissionais da clínica, garantindo a limpeza do material e, assim, a retirada de qualquer matéria orgânica sobre a superfície.

COMO OCORRE A ESTERILIZAÇÃO DO MATERIAL ODONTOLÓGICO?

Depois que o instrumento odontológico está lavado, limpo e seco, é feita a esterilização. Existem três formas diferentes e muito eficazes de realizar o procedimento. Confira!

ESTERILIZAÇÃO EM AUTOCLAVE


Rapidamente realizada, a esterilização em autoclave consiste na utilização de um vapor sob pressão. O instrumento é colocado em uma embalagem para esterilização (este procedimento só deve ocorrer após passar pelo procedimentos de limpeza citado acima com água e sabão enzimático e secagem dos instrumentos  e embalado) , como o papel grau cirúrgico, e depois o profissional realiza os processos recomendados no manual do equipamento. 

Apesar de ser um método efetivo em relação à esterilização, só deve ser realizado em equipamentos termorresistentes.

ESTERILIZAÇÃO QUÍMICA

Já o processo químico consiste na imersão dos itens em soluções antissépticas. Para essa imersão indica-se primeiramente a lavagem dos instrumentais com água e sabão enzimático  O tempo de imersão varia de acordo com cada produto, mas normalmente é durante um período determinado de 30 minutos para que não ocorra a corrosão do material. Também é um procedimento muito eficaz, mas os itens devem ser usados logo em seguida.os profissionais recebem treinamentos e orientações nos custoso quanto a esses procedimentos. Salientamos que este líquido é trocado a cada período conforme descrição do fabricante. 

QUAL A IMPORTÂNCIA DA ESTERILIZAÇÃO?

Uma esterilização 100% segura é fundamental, pois:

  • evita a presença de microrganismos em instrumentos;

  • diminui os riscos de contaminação cruzada;

  • elimina os riscos de infecções por contaminação;

  • previne doenças;

  • assegura que a clínica odontológica segue a política de higiene e de segurança, permitindo que os pacientes possam confiar totalmente nos procedimentos estéticos e nos tratamentos realizados

  • previne doenças e infecções para o paciente e para toda equipe e funcionários. .


7 visualizações

Rua Amapá, 132, Loja 01, Ponta Porã, Cachoeirinha, RS, CEP: 94.935-050

© Copyright 2018 - Monteggia Soluções para Centros Cirúrgicos